sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Facebook - As 7 maneiras para não torrar o seu dinheiro!

Para anunciar na rede social, a empresa precisa ter uma missão bem estabelecida, tal como seu público e o objetivo a ser alcançado nesta mídia.



Das startups que chegam ao sucesso, 80% se preocuparam em começar da forma correta. Venha conhecer o curso FACEBOOK ESSENCIAL + ADS e comece 2016 com o pé direito!Você vai perder?


Segundo informações do Facebook, 2,1 milhões de pequenas e médias empresas já anunciam seus produtos e serviços na rede social para impulsionar seus resultados. Entretanto, muitos ainda não sabem como anunciar da maneira certa, aponta Camila Porto, autora do livro Facebook Marketing.

“Ainda existe muita dúvida sobre a melhor forma de investir em anúncios no Facebook, especialmente de pequenas empresas
que precisam de resultados mais rápidos, mas por falta de planejamento acabam perdendo dinheiro”, explicou.

Confira, segundo a autora, o que é preciso para que o investimento em anúncios seja feito da melhor maneira:

1. Tenha planejamento e clareza
Para anunciar na rede social, a empresa precisa ter uma missão bem estabelecida, tal como seu público e o objetivo a ser alcançado nesta mídia. “Para segmentar corretamente nos anúncios, você precisa saber para quem vender”, explicou Camila.

2. Cinco reais por dia
“Como os anúncios podem ser mudados conforme os resultados que geram, e considerando que, no começo, a maioria dos empresários é reticente a gastar muito, sugiro que aproveitem ao máximo o que o Facebook tem de melhor, que é a possibilidade de conseguir um ótimo retorno com pouco investimento”, indicou.

Um dos exemplos da autora foi uma pousada que conseguiu ter uma taxa de 100% de reservas com R$ 46 anunciados. “Quando os anúncios estiverem indo bem, aí você aumenta o investimento conforme seus planos”, disse.

3. Meça o engajamento e desempenho das publicações
Os anunciantes têm acesso à ferramenta Facebook Insights, que oferece informações sobre as publicações impulsionadas, como o alcance orgânico, a interação dos usuários, quantos clicaram para visitar a página, quantos novos fãs a página ganhou e até mesmo quantos usuários não gostaram do anúncio. Todas essas informações são valiosas, pois são indicadores de como devem ser feitos os anúncios.

“É importante que as mudanças de estratégia sejam feitas sempre conforme os dados apresentados”, ressaltou Camila.

4. Tenha um objetivo definido
“O gerenciador de anúncios do Facebook oferece a possibilidade de conseguir novas curtidas para a página, no caso de a empresa precisar aumentar sua base de fãs, mas também oferece formatos para gerar tráfego para a página, conversões em vendas, instalações de aplicativos, e outros”, explicou;

Ela também ressaltou que anúncios com imagens chamativas são mais efetivos do que os que contam com textos bem escritos. Basta saber qual é o objetivo do anúncio e, a partir de então, usar as ferramentas do Facebook para atingi-lo.

5. Replique e escale os anúncios bem sucedidos
Acompanhar o desempenho diário de seus anúncios é um passo essencial para saber o que fazer em seguida, qual abordagem seguir e quais evitar. Além disso, é importante para saber quais os anúncios que devem ser replicados em outros momentos, já que foram os que mostraram resultado.

“O que não dá resultado deve ser cancelado, e o que trouxer mais cliques, visitas e vendas deve ser mantido, replicado em outros momentos. É importante valorizar aquilo que dá resultado”, explicou.

6. Remarketing
O remarketing consiste em anunciar a usuários que já mostraram interesse pela marca, seja por terem feito buscas na própria rede social, que visitaram o site da empresa ou se interessaram por um produto do e-commerce. Segundo Camila, caso haja um pixel de remarketing instalado no site, é possível fazer uma lista de pessoas que demonstraram interesse.

7. Faça monitoramento
Além de elogiar e fazer comentários positivos, os consumidores podem dizer muitas coisas negativas sobre a marca – mas não é motivo para desanimar-se. “O melhor a fazer é colocar sua marca na rede social e lidar com isso de forma positiva”, disse. Os comentários ruins podem ser um bom indicador de uma possível crise da empresa – e por isso devem ser respondidos o mais rápido possível.


Fonte: Starse

Nenhum comentário:

Postar um comentário